Shimano lança componentes para e-bike

A Shimano lançou uma linha de componentes para bicicletas elétricas chamada de STEP (Shimano Total Electric Power System). Com um mercado que começa a tomar forma, a gigante dos componentes de bicicletas não quer ficar de fora. Até a gigante alemã Bosch quer um pedaço dele.

O conjunto de componentes conta com um motor dianteiro de 250 W que fornece potência até o ciclista atingir 25 km/h, quando a energia é cortada. Já os sistema de frenagem é regenerativo, o que permite carregar a bateria enquanto desce uma ladeira. A bateria é de íon-lítio de 24 V com capacidade de 4,0 Ah. Segundo a divulgação, esta bateria permite uma autonomia de 40 km no modo normal e de até 60 km no modo ECO. Seu peso: 2,7 kg.

A bateria é removível e pode ser carregada fora da bicicleta em até uma hora. Ela tem vida de 3000 ciclos de carga ou segundo a Shimano até 8 anos de vida.

O motor só funciona se o ciclista pedalar. No movimento central existe um sensor que indica se o preguiçoso ciclista vai fazer a sua parte!

Para o cubo traseiro o famoso sistema Nexus de 8 velocidades internas (GV-E500) com acionamento elétrico com otimização das trocas de marchas.

Os manetes que acompanham o sistema STEP permitem uma série de regulagens, desde a potência do motor até a capacidade de regeneração do freio. Tudo ao alcance dos dedos.

E o ciclocomputador é mesmo um computador de bordo, indicando as principais funções do sistema, e que fornecerá diagnóstico das principais funções às oficinas de bike. O sistema ainda contempla luzes dianteira e traseira.

O sistema é todo impermeável e pode trabalhar em baixas temperaturas, apenas a vida da bateria é reduzida nesta situação.

O que muda com a entrada da Shimano neste segmento? Nada, apenas mais um fornecedor de componentes, com sua inegável qualidade. A própria Shimano diz que quer tratar as bicicletas elétricas apenas como bicicletas, diferentemente de outros fabricantes que vendem a facilidade da mobilidade urbana sem esforço físico.

O lançamento do produto está previsto para a Eurobike, em setembro, e para o mercado em dezembro de 201.

Via: [Happymtb].

Share