5 livros que não mudaram a minha vida

Respondendo ao convite do Meandros e usando as suas próprias palavras é muito difícil relacionar livros que não mudaram a minha vida, ou por serem verdadeiras porcarias, ou por não acrescentarem nada, mesmo.

Como leitor voraz que fui, lia até bula de remédio, o que dirá livros. E mesmo em épocas muito conturbadas da minha vida, lia só por ler. Por um bom tempo lia os famosos best sellers apenas para descansar de uma leitura mais pesada.

Mas já que temos de citá-los, aí vão os que me lembro:

  1. Uma vida para seu filho, Bruno Bettelheim. Comprei, coloquei na estante e nunca li. Mais, ainda, depois da morte do autor, se não me engano por suicídio. Como não li ele não alterou a minha vida em nada!
  2. Aprenda a pensar com Leonardo da Vinci, Michael J. Gelb. Presente de amigo secreto, só podia dar nisto. É uma mistura de notas biográficas e auto-ajuda, tendo como pano de fundo da Vinci. Não cheguei ao final, desisti.
  3. Os best sellers.

Estes livros, principalmente os best sellers, que não mudaram a minha vida, pelos menos me permitiram uma breve fuga. Então, de certa forma, acabaram por me proporcionar algo bom.

Para continuar a corrente, faço a mesma pergunta para o Marcelo, Vinicius e o redtuxer.

Share

3 Comments

  • Mas que raio de blog chain é este? Como concordas em que quase qualquer livro com pés e cabeça acaba por mudar algo na nossa vida, excepto as verdadeiras porcarias, porque raio havia de fazer publicidade a essas porcarias?
    Sou fã dos livros de ficção cientifica mas leio de tudo, e quando começo um que não me agrada, raramente passo da trigésima página, e despacho o livro. Lembro-me dum, o Memória de Elefante do António Lobo Antunes. Pelo contrário, adorei livros como Rama do Arthur C. Clarke e muitos outros de ficção, ou o Os Maias do Eça de Queirós, adoro Saramago. E tal como tu, nada como um best-seller para descansar a mente (Código da Vinci e outros iguais). Acabei de ler agora aquela trilogia que falei no meu blogue, muito boa, por sinal…

    RedTuxer

    Ps.: Agora deu-me para o pedal, como tu! Quando puderes vai visitando o outro meu blog: minhablackbike.blogspot.com

  • Fala Pedaleiro, gostei deste tópico, por isso vou dar meu parecer.
    Me criei lendo desde meus cinco, seis anos, e já li uma centena de livros, agora a linha de livros de auto-ajuda é pra matar, até já dei umas olhadas por cima, mas não engulo, nem os títulos eu me recordo e para não perder a viagem achei uma matéria que talvez te interesse.

    http://br.geocities.com/pedalegal/historiabici.htm

    é sobre pedalar,falou abraços.

Post a new comment

Your email will not be published.
Submitting comment...