Bicicleta para crianças

Bicicleta para crianças

Ao comprar uma bicicleta para sua criança, não cometa o erro de comprar uma maior do que a capacidade do seu filho(a). Isto é uma tendência comum, pois queremos que a bicicleta dure o maior tempo possível, já que a criança irá crescer junto.

O problema causado por uma bicicleta maior do que a indicada é a de causar problemas de postura, além de ser mais difícil de montar.

Algumas dicas:

  • Coloque sua criança sentada sobre o selim e veja se ela alcança facilmente o guidão. Nesta posição a criança deve ser capaz de apoiar a ponta dos pés no chão;
  • Ao ficar em pé, com a sola do pé completamente apoiada no chão, deve haver um espaço de uns dois dedos entre o tubo superior (se houver) e o cavalo. Para quem é novo no ramo, cavalo é a distância do solo até o espaço entre as pernas do ciclista.
  • Se a bicicleta tiver freios de mão, certifique que a sua criança consegue acionar os freios facilmente.

Caso a sua criança já tenha aprendido a usar a bicicleta com as rodas laterais, e já esteja na hora de torná-la independente, faça o seguinte:

  • retire as rodas laterais;
  • abaixe o selim o máximo possível;
  • faça o seu filho(a) montar na bicicleta e sem colocar os pés no pedal, façá-o empurrar a bicicleta pelo espaço onde ele está acostumado a andar.

Este pequeno aprendizado vai deixá-lo mais à vontade com a bicicleta, e sem aquela pressão de vê-lo logo se equilibrando sozinho. Deixe-o à vontade e você logo verá que ele estará se equilibrando tranqüilamente. Aí é só ir levantando o selim aos poucos. (Dica de Renata Falzoni.)

Agora que você já comprou a bicicleta do seu filho/filha e ela cresceu, faça outra criança feliz: dê para um sobrinho(a), vizinho(a) ou para alguém próximo a você mas que não tenha a capacidade de comprar uma para o próprio filho.

Share