Novo teste anti-doping

dopingA novidade é que o teste foi desenvolvido antes da droga ser utilizada em humanos. A equipe do professor Mario Thevis publicaram na revista Drug Testing and Analysis o método para, a partir de amostras de urina, descobrir se houve uso de benzodiazepinas, substâncias com potencial para se tornarem doping em curto prazo.

O método criado pela equipe de Thevis detecta a JTV-519 e a S-107, benzodiazepinas não testadas em humanos e que vem sendo usadas no desenvolvimento de um tratamento a anomalias cardíacas. Estas substâncias demonstraram melhorar o rendimento físico de ratos de laboratório.

Como no caso do último Tour de France, onde vários ciclistas foram apanhados usando Cera, a antecipação por parte dos laboratórios e de pesquisadores permite flagrar os usuários, sem nem eles mesmo saberem. O laboratório suíço Roche desenvolveu um teste enquanto a droga estava em avaliação nos Estados Unidos.

Esta droga ainda não foi testada em humanos, mas sabemos que sempre existem alguns malucos, doidos o suficiente para “testarem” por conta própria.

Fonte:

Share