Tour de France: será que sobra alguém?

Moreni e a policiaA equipe Cofidis se retirou do Tour de France. Cristian Moreni teve um resultado positivo para a testosterona após a 11ª etapa. O presidente da equipe Cofidis Francois Migraine disse: “É a única coisa a fazer em tal circunstância.”

Com isto restam apenas 19 equipes na corrida.

E o site bike radar noticia agora que Rasmussen está fora do Tour. A equipe descobriu que o atleta mentiu sobre o seu paradeiro. Rasmussen havia dito que estava no México, em junho, quando na verdade estava na Itália. A equipe decidiu permanecer na prova e quem quiser poderá participar da décima sétima etapa.

Rasmussen venceu duas etapas do Tour e após as declarações da Federação Dinamarquesa de Ciclismo teve a sua presença bastante questionada. Agora, com a sua saída, o espanhol Alberto Contador lidera com o australiano Cadel Evans em segundo.

Bem, apesar da deserção em massa, se é que podemos chamar assim, a UCI mostra que não está para brincadeiras. Estes escândalos, ao contrário do que muitos dizem, não mancham o ciclismo, mas sim, começam a mostrar que o fair play é muito bem vindo, que atletas dopados não terão mais lugar nas competições internacionais. Espero que isto também traga algo de bom para o ciclismo nacional, que teve recentemente um caso de brasileiro flagrado no anti-doping.

Confira:

Share