A lenta mudança

Não acredite em tudo o que você vê: não existem carros ecológicos.

Deu no UOL:

Primeiro foram as restrições às propagandas de cigarro, álcool e alimentos. Agora, a União Européia pode restringir a publicidade de automóveis movidos a gasolina. Foi proposta uma série de imposições aos comerciais de veículos, a fim de estimular a produção de modelos mais econômicos – e ambientalmente corretos.

Fabricantes de automóveis alemães e setores da mídia alertam para o impacto financeiro caso a medida venha a ser aprovada. Para dar o exemplo, o comissário para o meio ambiente da UE, Stavros Dimas, utiliza o híbrido Toyota Prius para trabalhar. Mesma atitude não é seguida por seus pares, adeptos de modelos de luxo das marcas Audi, BMW, Mercedes-Benz e Jaguar, movidos a… gasolina!

As propostas do órgão devem ser discutidas na primeira semana de junho, segundo a publicação “Spiegel Online”. Uma das idéias é que os anúncios de jornais, revistas, cartazes e TV assinalem o consumo de gasolina e o volume de dióxido de carbono emitido por quilômetro, no caso de veículos de grande porte. Podem ser banidas referências à rapidez ou ao “prazer de dirigir”. Documento da UE mencionam como objetivos “reformular a sociedade” e “mudar os hábitos de consumo e produção”. Será que vai pegar?

Fonte: Interpress Motor

Veja mais:

Share