Pedal do sábado

Hoje uma imensa multidão de dois pedalou: o Joaquim e eu. Como foi a primeira vez que iríamos pedalar sábado à tarde, planejamos um trecho maior: Colônia Marcelino.

Sempre tive a curiosidade em conhecer esta colônia fundada por imigrantes ucranianos, mas nunca houve oportunidade. Pois bem, hoje deu certo. Para se ter uma idéia da localização da colônia, o distrito de Marcelino faz divisa com Mandirituba! Prometo, assim que o Google Earth resolver colocar as fotos com melhor resolução daquela região, fazer todos os pedais no mapa.

Do sítio da prefeitura de José:

A comunidade da Colônia Marcelino é formada na sua maioria por descendentes ucranianos que buscam o desenvolvimento da região através do meio agrícola, sendo grande produtora de batata-salsa, pimentão, camomila e outros produtos. O nome da Colônia é uma homenagem ao antigo proprietário de toda a extensão de terras da região, o coronel Marcelino José Nogueira, que foi um dos primeiros comerciantes na região de Campo Largo da Roseira, às margens do rio Miringuava.

Não levei a câmera fotográfica e desta vez ficaremos sem fotos, mas o lugar é muito bonito. Até chegar em Cotia o relevo é mais ou menos plano, mas, mais próximo da Colônia Marcelino encontramos algumas subidas e descidas que demonstram como o relevo é bastante dobrado.

O local mais importante é onde se encontram as duas igrejas do local: uma católica, de São Pedro, e a outra católica ucraniana, da Santíssima Trindade, com a cúpula típica das igrejas ucranianas. Ao lado da igreja ucraniana existe um asilo para idosos, chamado Asilo de Nossa Senhora do Amparo. Como o Joaquim é conhecido das irmãs que cuidam do asilo, demos uma passada por lá. Encontramos algumas senhoras muito simpáticas, bem velhinhas, que adoram visitas. Quero ver se passo mais vezes lá, para ajudar no que for possível.

Recentemente a prefeitura de São José inaugurou duas escolas neste mesmo espaço.

O roteiro foi o seguinte: saindo de São José, pela Rui Barbosa, em direção à Cachoeira, segue as placas para a Colônia Marcelino, passando por Agaraú e Cotia. Volta, pegando a estrada ao lado da Igreja de São Pedro, e saindo em Campo Largo da Roseira, Campina do Taquaral, colônia Rio Grande, centro.

    Total do trecho: 68km.
    Temperatura na saída: 23 °C.
    Média horária: 21,2 km/h.
    Acumulado no mês: 164 km.
Share