Fedeu? Está na hora de trocar o capacete


Pesquisadores do instituto Fraunhofer criaram um produto que avisa a hora de trocar o seu capacete. Como funciona?

Microcápsulas de um líquido com péssimo odor, envoltas em resina de formaldeído, são misturados ao polipropileno, o plástico que cobre o capacete, e após determinado tempo de uso, quando deveríamos trocar os capacetes, o cheirinho é liberado.

O que acontece com os produtos, metais e plásticos, é que ocorre uma degradação com o correr do tempo por efeitos diversos. Para os plásticos até o sol contribui para o enfraquecimento.

No caso dos capacetes, choques ou impactos podem desenvolver pequenas trincas que fragilizam a proteção que deveria oferecer. E as pequenas trincas evoluem para grandes trincas, levando ao colapso total.

O problema é que não enxergamos as trincas, muito menos lemos as etiquetas que recomendam trocar o capacete após uma queda ou determinado tempo de uso. Por isto o cheirinho desagradável do começo do artigo.

No seu caso, o seu capacete já tem um cheirinho desagradável depois de tantos anos de uso?

Via: [Gizmag/]

Share